• Menu

  • 14 julho 2017

    Resenha: Lua Nova (Stephenie Meyer)

    Livro: Lua Nova (New Moon)
    Autor(a): Stephenie Meyer
    Editora: Intrínseca
    Páginas: 432
    Classificação:
    Adquira: Saraiva| Submarino | Americanas | Amazon | Livraria Cultura


     Contracapa: “Eu sabia que nós dois corríamos um risco mortal. Ainda assim, naquele instante, eu me senti bem. Inteira. Pude sentir meu coração batendo no peito, o sangue pulsando quente e rápido por minhas veias de novo. Meus pulmões encheram-se do doce aroma que vinha dele. Era como se nunca tivesse havido um buraco em meu peito. Eu estava perfeita – não curada, mas como se nunca tivesse havido ferida.”
    Sinopse: Para Bella Swan, há um coisa mais importante do que a própria vida: Edward Cullen. Mas estar apaixonada por um vampiro é ainda mais perigoso do que ela poderia ter imaginado. Edward já resgatara Bella das garras de um monstro cruel, mas agora, quando o relacionamento ousado do casal ameaça tudo o que lhes é próximo e querido, eles percebem que seus problemas podem estar apenas começando.

    ....

    Quando resolvi que faria a resenha sobre os livros que deram sentindo a tudo que resume meu site, eu cogitei fazer um único post falando sobre todos os livros, mas depois desisti cada livro tem um ponto e é interessante falar sobre eles separadamente.

    Lua Nova com toda certeza e o livro que eu menos gosto, mas é de certa forma o que mais mexeu comigo. Na primeira vez que eu li chorei litros, teve momentos que eu quis muito dá na cara do Edward por parti, teve um momento que eu quase trai meu team, mas graças a deus voltei a mim. Esse livro ainda tem uma baita influencia sobre mim toda vez que leio tem um mesmo capitulo que eu me acabo de chorar, vocês com certeza devem está me achando de boba pra baixo, mas fazer o que se eu não consigo controlar.

    O livro começa com o romance deles acontecendo de uma forma muito bonita e diferente, porque não são como os relacionamentos de hoje em dia e algo mais próximo aos relações a moda antiga e é impossível não se apaixonar mais ainda pela história e torce mais ainda que mesmo com todas as diferenças eles fiquem juntos.

    Tudo munda durante o terrível aniversário de 18 anos da Bella, em uma festa organizada pela Alice na casa dos Cullens acaba dando tudo errado. Um acidente acontece e a Bella acaba se machucando, ela se corta com um embrulho de papel e sangue em um local cheio de vampiros não é lá uma boa ideia...

    Depois dessa situação de quase morte para o Edward as diferenças entre eles começa a pesar e achando que está fazendo o melhor pra sua amada decide abandoná-la, dizendo não gostar mais dela, e vai embora de Forks levando toda sua família junto e sumindo com todas as evidências que um dia eles estivera ali.

    Com a ausência do seu amado Bella entra em um estado depressivo e buscando uma forma de seguir ela acaba vendo no Jacob, que vai se tornando seu melhor amigo, uma corda que a ajuda sair pra fora do buraco em que ela se encontra. Uma das poucas coisas que me incomodou no livro foi o fato da depressão da Bella não ser realmente explorada aquelas paginas em branco me incomodaram muito, mas também me fizeram imaginar bastante.

    O livro se mostra surpreendente e vai apresentando coisas novas e te mantendo ali sempre querendo saber como termina, a momentos que me fizeram pensar se eles realmente ficariam juntos, a curiosidade de saber se o Edward voltaria e se voltasse o que encontraria me motivaram a ler o livro em tempo recorde. Esse e um livro que eu super recomendo pra todo mundo até mesmo pras team Edward porque a conexão entre a Bella e o Edward permanece em toda a história mesmo sem ele está realmente ali. Mas recomendo que na hora da leitura principalmente em certos capítulos vocês tenham uma caixinha de lenços porque as lagrimas são garantidas e não e só porque eu sou chorona, mas esse livro me emocionou muito.

    14/07


    “Eu sabia que nós dois corríamos um risco mortal. Ainda assim, naquele instante, eu me senti bem. Inteira. Pude sentir meu coração batendo no peito, o sangue pulsando quente e rápido por minhas veias de novo. Meus pulmões encheram-se do doce(…)



    Comentários no facebook
    0 Comentários no blogger

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    © Todos os direitos reservados 2017 -
    Morgana Salvatore - Tecnologia do Blogger